domingo, 13 de dezembro de 2009

AUSENTE, MAS NÃO INEXISTENTE: vários filmes comentados

Olá pessoal

Quanto tempo. Apesar da minha total falta de dedicação ao Tomada 7 não pensem que eu não estava morrendo de saudade. Pode-se dizer que estou sofrendo o mal de todas as pessoas no mundo: FALTA DE TEMPO. Mas isto não é um motivo plausível, já que quando a gente gosta de alguma coisa é um prazer arrumar tempo para se dedicar a ela. Mas um fato curioso vem me atormentando: eu gosto tanto de filme, mas estou assistindo tão pouco. Mistério!!!!

Mas enfim, neste tempo consegui conferir e rever alguns ótimos filmes e outros nem tanto, mas mesmo assim bons. Vou comentar filmes que vi no cinema, filmes que comprei o DVD e filmes que me foram emprestados. Não gosto de dar notas, mas mesmo assim resolvi classificá-los dessa forma.

Estou ansioso para ler seus comentários. É sempre bom discutir opiniões.

Segue abaixo os filmes:

TITANIC (Titanic, EUA, 1997) – Drama/Romance

Sinopse: Todo mundo conhece a história (rsrs), mas vai ela ai mesmo assim. Um jovem aventureiro (Leonardo DiCaprio) ganha passagem, em mesa de jogo, para a primeira viagem do transatlântico Titanic. No navio, apaixona-se por Rose Bukater (Kate Winslet), noiva de um homem rico e arrogante (Caledon Hockley), com quem vive um amor proibido. Mas a história de amor se transforma em tragédia quando o gigantesco navio se choca com um iceberg.

Eu adoro Titanic, pois foi o primeiro filme que vi no cinema. Tudo me encantou: as imagens, a riqueza dos detalhes, o som, os atores, a história em si, etc. Titanic para mim é inesquecível, tanto é que adquiri o DVD e ele já esta na minha coleção.

Nota:10,0

A MÃO QUE BALANÇA O BERÇO (The Hand that Rocks the Cradle, EUA, 1992) - Suspense

Sinopse: Claire Bartel (Annabella Sciorra) e Michael (Matt McCoy), seu marido, estão cansados de procurar uma babá. Até que Peyton Flanders (Rebecca De Mornay) se candidata ao emprego. Elegante, educada e dedicada, ela é simplesmente perfeita. Ela toma conta do bebê como se fosse seu e logo conquista o coração de todos da família. Com o tempo, no entanto, Peyton começa a se comportar estranhamente e parece querer assumir o lugar de Claire que, desconfiada, resolve investigar o passado de Peyton, sem saber que na verdade está nas mãos de uma mulher perigosa e obcecada em se vingar da morte do seu marido, um ginecologista que cometeu suicídio quando foi acusado de ter molestado cinco de suas clientes. Este fato fez Peyton Flanders, que não é seu verdadeiro nome, perder o bebê que estava esperando.

Confesso que eu esperava mais desse filme. Antes de conhecer a história eu imaginava que se tratava de algo sobrenatural a tal mão que balança o berço, porém a tal mão é a da babá psicopata, mas mesmo assim é um ótimo filme de suspense. Destaca-se a atuação magnífica da Rebecca De Mornay que concorreu ao Oscar por este filme.

Nota: 8,5

A ÓRFÃ (Orphan, Canadá/França/EUA, 2009) – Terror/Suspense

Sinopse: Kate (Vera Farmiga) e John Coleman (Peter Sarsgaard) ficam arrasados devido a um trágico aborto. Apesar de já ter dois filhos, Daniel (Jimmy Bennett) e a surda muda Maxime (Aryana Engineer), o casal decide adotar uma criança. Durante uma visita a um orfanato, os dois se encantam pela pequena Esther (Isabelle Fuhrman) de nove anos e optam rapidamente por sua adoção. O que eles não sabiam é que estranhos acontecimentos fazem parte do histórico da menina que passa a se tornar, dia após dia, mais misteriosa. Intrigada, Kate desconfia que Esther não é quem aparenta ser, mas devido ao seu passado de alcoolismo tem dificuldades de provar sua teoria.

Um ótimo filme de terror/suspense que me surpreendeu principalmente pelo desfecho da história que achei muito original. De início achei que se parecia com outro filme que vi há um tempo atrás (Corrente do Mal), mas não tem nada haver. Este é cem vezes superior. Algumas cenas são até chocantes e inimagináveis. Aconselho muito as pessoas a conferirem.

Nota: 8,0

LENINGRADO (Leningrad, Rússia/Reino Unido, 2009) - Drama

Sinopse: Kate Davis (Mira Sorvino), uma jovem jornalista inglesa, é enviada a trabalho para Leningrado. A Segunda Guerra Mundial está no seu auge, os nazistas já dominam metade da Europa e parte de Rússia, mas falham em Leningrado. Ao perceber que não conseguiria tomar a cidade à força, Hitler monta uma estratégia extremamente desumana. Cerca Leningrado, bloqueando o acesso de mantimentos, com o objetivo de matar de fome mais de três milhões de pessoas. Em meio a este cerco do horror, Kate e a população local, precisam tentar de todas as maneiras sobreviver e não sucumbir à fome e ao domínio do nazismo, na batalha mais cruel da Segunda Guerra Mundial.

Filmes de guerra existem aos montes. Este ano então, vi vários. Mas este se destaca por narrar a Segunda Guerra de um ponto de vista que nunca tinha visto, a dos soviéticos. Um bom filme, com boa fotografia, um enredo interessante e atores igualmente bons. Mas senti que faltou alguma coisa, apesar de ter gostado muito. Uma história comovente.

Nota: 7,5

LUA NOVA (The Twilight Saga: New Moon, EUA, 2009) - Romance

Sinopse: Um incidente na festa de aniversário de Isabella "Bella" Swan (Kristen Stewart) faz com que Edward Cullen (Robert Pattinson) vá embora. Arrasada e deprimida, Bella encontra consolo ao lado de Jacob Black (Taylor Lautner). Aos poucos ela é atraída para o mundo dos lobisomens, ancestrais inimigos dos vampiros, e passa a ter sua lealdade testada. Quando descobre que a vida de Edward está em perigo, Bella corre contra o tempo para ajudá-lo no combate aos Volturi, um dos mais poderosos clãs de vampiros existentes.

Este segundo filme da saga Crepúsculo é superior em termos técnicos que o primeiro, no entanto, não sei se pelo fato de ter ligo o livro antes, a história me pareceu cansativa. Mas mesmo assim um bom filme, que consegue agradar fãs e não fãs dos vampiros bonzinhos.

Nota: 7,0

2012 (2012, EUA/Canadá) – Aventura/Ficção Científica

Sinopse: Em 2008, o presidente americano (Danny Glover) convoca uma reunião de emergência com as principais potências para conversar sobre um grande perigo para a humanidade. Os anos passam e, com a proximidade de 2012, as autoridades decidem que não é mais possível conter o perigo eminente que pode significar o fim do mundo. Com isso, colocam em prática o plano iniciado anos atrás, sob o comando dos cientistas Adrian Helmsley (Chiwetel Ejiofor) e Carl Anheuser (Oliver Platt). Enquanto isso, o escritor Jackson Curtis (John Cusack) leva sua vida de marido separado, pai de dois filhos, como motorista de limusine e tendo que aturar as reclamações da ex esposa (Amanda Peet). Ao levar os filhos para passear, ele descobre os primeiros sintomas da destruição do planeta. Assim começa a corrida pela sobrevivência.

Adoro filmes catástrofes. E por ser do mesmo diretor de O Dia Depois de Amanhã eu esperava muito desse filme. Mas enfim, o filme me estressou (rsrs). Sai da sala do cinema tenso e exausto. Os efeitos de CG são maravilhosos, mas a história é absurda demais, e os personagens escapam de cada coisa que até Deus duvida. Sei lá... É um filme controverso.

Nota: 6,0

Ficam ai as dicas de filme, abraços :)

6 comentários:

  1. Opa! Tudo bem? Obrigado, que bom que você gostou do meu blog, nele toda semana eu farei citações sobre decorações, inclusive se tiver alguma dúvdia mande o e-mail que vamos responder.

    Mas o seu blog também ficou muito legal, e já virei seguidor, um forte abraço e quando puder passar por lá.

    ResponderExcluir
  2. Da sua lista assisti apenas dois:
    "Titanic" dispensa comentários, é nota 10.
    E "A Mão que Balança o Berço" cumpre seu papel de suspense, apenas considero Rebecca DeMornay um atriz fraca, que exagera na interpretação da vilã.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá, Meu nome é Thays Py e trabalho na Agência de Comunicação Núcleo da Idéia.
    Gostaria de ter o seu e-mail para que possamos fazer contato para parceria.

    Desde já agradeço.

    Thays Py
    mkt7@nucleodaideia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Fala Altieres, saudades de vc lá no cine dewonny!
    Tbm adoro Titanic, filme excelente, nota 9.0!
    A Mão q balança o berço é muito bom, faz tempão q assisti!
    A Órfã eu achei + do msm, já vi outros com a mesma história, mas ñ achei ruim. nota 6.0!
    Leningrado é muito bom, concordo com seu comentário, adoro a Mira q tá ótima. nota 7.5!
    2012 eu achei bem divertido, hilárias as cenas absurdas de ação..kkk..nota 5.0!
    Feliz natal e ano novo pra vc!
    Abs! Diego!

    ResponderExcluir
  5. E ai Alteres, quanto tempo. Está sumido por que? Abraço ;D

    Feliz Natal e um ótimo 2010 ;)

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, Altieres. Seu blog é muito bom. Você escreve com propriedade e através de seus comentários, pode fazer com que conheçamos e nos interessemos por outras obras. Com certeza, vou aprender e conhecer muitos bons filmes aqui.

    ResponderExcluir